Endometriose



A endometriose é o resultado de uma mudança no funcionamento normal do organismo feminino. Ela é inflamatória e é causada porque algumas células do endométrio, que deveriam ser expelidas, migram para o ovário ou outra cavidade e voltam a se multiplicar e a sangrar. A doença pode interferir na fertilidade e causar intensa dor.

Como tudo acontece


O endométrio é o tecido que reveste internamente o útero. Ele é muito importante no processo reprodutivo, pois é nele que o óvulo, depois que é fertilizado, se aloja. Por conta disso, também é muito sensível às alterações do ciclo menstrual.


Quando não há fecundação, uma grande parte do endométrio é eliminada durante a menstruação. E o que sobra volta a crescer e o processo todo se repete a cada ciclo. Mas, se as células do endométrio não seguem para a o fluxo menstrual, elas retornam ao organismo, o que pode levar a um quadro de novo sangramento e inflamação.


Sintomas


Importante lembrar que a endometriose pode ser assintomática, por isso é tão importante a visita ao(à) obstetra/ginecologista, para que se investigue essa questão e para a realização dos exames preventivos.


Quando a doença se manifesta, ela se caracteriza por causar cólicas menstruais que podem ir aumentando gradativamente com o passar do tempo até chegar num ponto de incapacitar a mulher. Dores durante o ato sexual também são comuns, assim como sangramento intestinal e urinário no período menstrual.


A dificuldade de engravidar também é outra consequência desse problema.


Como lidar


Muito importante dizer que a cólica menstrual não é um sintoma natural na vida da mulher. Isso deve ser investigado, portanto procure um(a) médico(a) ginecologista e descreva o que sente para que você seja orientada sobre o assunto.


Não fuja de exames. É importante fazer sempre que necessário, só assim você conseguirá um diagnóstico prévio da doença, evitando tratamentos mais agressivos como a cirurgia de retirada de útero e ovário.


Se você está tentando engravidar e não consegue, a endometriose pode ser uma causa provável. Procure um profissional, faça o tratamento e restabeleça sua capacidade reprodutiva.