Junho Laranja

Além da campanha para doação de sangue (Junho Vermelho), o mês de junho tem outra campanha igualmente importante, o Junho Laranja, que objetiva combater a anemia e a leucemia.




Doenças relacionadas ao sangue


Relativamente dentro do mesmo assunto da campanha Junho Vermelho, que fala da doação de sangue, o Junho Laranja traz abordagens sobre duas condições que têm ligação direta com o sangue: a anemia e a leucemia.


Essas campanhas educativas têm um papel muito importante, porque alertam a sociedade para debates e ações concretas sobre prevenção, contágio e profilaxia de problemas importantes.



A anemia


Confundida com uma doença, a anemia, na verdade, é um indicativo de que há uma outra doença no organismo, não sendo, portanto, propriamente uma enfermidade, mas um sintoma.


Ela se instala quando há carência de glóbulos vermelhos no sangue. E isso pode acontecer por condições genéticas, ou outros problemas de saúde, como, por exemplo, doenças relacionadas aos rins, alterações metabólicas e deficiência de vitaminas.


Os sintomas de que há anemia no organismo podem ser fadiga, falta de ar, palpitações, claudicação (falta de certeza ou hesitação), sonolência e confusão mental.


Consultas regulares ao médico e exames de sangue periódicos são a melhor forma de investigar a presença do quadro de anemia ou preveni-lo.



A leucemia


Popularmente conhecida como “câncer no sangue”, a leucemia é uma doença maligna que atinge os glóbulos brancos do sangue, responsáveis pela defesa do organismo. Costuma ser mais frequente em crianças.


Os sintomas são muito parecidos com os da anemia, porém na leucemia o paciente tem infecções recorrentes, porque o seu sistema imunológico está prejudicado. Desconforto abdominal, febre, perda de peso, dor nos ossos e articulações também são possíveis.


Evitar a automedicação e buscar ajuda médica quando aparecer algum sintoma é muito importante, porque doenças como a leucemia têm maior chance de cura se descobertas no início.


Quando ela é diagnosticada, há várias procedimentos e terapias a serem indicados, de acordo com o caso específico. Transplante de medula óssea, quimioterapia e imunoterapia podem estar entre eles.