Vamos falar sobre reumatologia

Para os leigos, o reumatologista é um médico que cuida de reumatismo. A questão é que a especialidade é muito mais abrangente e, nesta matéria, mostraremos o quanto esse profissional é necessário e como uma consulta com ele pode fazer a diferença.



A reumatologia


Para quem não sabe, reumatismo é um termo genérico e abrangente, que engloba mais de 200 tipos de doenças, desencadeadas por questões inflamatórias, autoimunes, degenerativas, metabólicas e genéticas.


Essa é uma especialidade que cuida de pacientes que, pelos motivos citados acima, desenvolveram questões que afetaram o sistema locomotor, que é composto pelo esqueleto, articulações, tendões, músculos e ligamentos.


Não confundamos com o ortopedista, que trata algumas dessas partes também, mas geralmente só quando a causa é um trauma, como um acidente, por exemplo.



Doenças mais comuns


Os males mais comuns tratados pelo médico reumatologista são osteoartrite (conhecida como artrose) e a fibromialgia – sendo essa última uma doença descoberta mais recentemente, que acomete milhões de pacientes pelo mundo e ainda não tem uma causa determinada. Ela se caracteriza por dores crônicas pelo corpo.


E, contrariando o senso comum, “reumatismo” não é só coisa de idoso. Há, inclusive, a reumatopediatria, que é um ramo da reumatologia para crianças. Pessoas de qualquer idade estão sujeitas a desenvolverem os problemas tratados por essa especialidade. O que ocorre com os idosos é que, em geral, são eles que desenvolvem os problemas reumatológicos causados pela degeneração típica da idade. Porém, todas as outras causas já citadas podem acometer crianças, jovens e adultos.


Procure um reumatologista


Quando começar a sentir os sintomas mais comuns (fadiga, mal-estar, dores e perda de peso), não demore a buscar ajuda e evite sempre a automedicação, que pode mascarar o problema, tratando apenas um sintoma.


O reumatologista realizará a consulta, te examinará e solicitará exames de sangue e imagem, se necessário.