A higiene da sua cozinha interfere na saúde

Milhões de pessoas adoecem todos os anos por causa da forma como os alimentos são preparados. Mesmo em casa, as práticas inadequadas são comuns e colocam em risco a saúde de todos os moradores. Entenda melhor.




Um perigo alimentar


De repente uma intoxicação alimentar ou uma alergia. Você fica com o estômago revirado, um mal-estar horrível e se perguntando o que é que você pode ter comido de diferente que lhe fez mal. Às vezes, a resposta está dentro de casa e não tem ligação com nenhum alimento ingerido, mas com a higiene utilizada no preparo.


De acordo com a OMS, cerca de 420 mil pessoas morrem todos os anos em decorrência de doenças transmitidas por alimentos. E o número de doentes ultrapassa a marca de 600 milhões anuais.


Uma pesquisa mostrou que grande parcela da população brasileira está preparando os alimentos sem padrões ideais e colocando a própria saúde em risco.



Hábitos nocivos


Selecionamos alguns hábitos mais evidenciados no levantamento e trouxemos à tona para alertar na hora do preparo.


- Lavar o frango na pia de preparo dos outros alimentos. Esse tipo de carne é a que mais tem potencial de espalhar patógenos no ambiente. É, portanto, uma prática de risco. O ideal é que você tenha uma pia ou tanque só para lavar as carnes ou então que higienize sua pia após esse procedimento.


- Ingestão de ovos crus em forma de maionese e outros molhos. O ovo cru pode conter a bactéria salmonela, responsável por causar gastroenterite, levando a cólicas abdominais e diarreia.


- Higienização incorreta de hortaliças. Geralmente ingeridas cruas, as verduras e frutas precisam de uma higienização extra. Somente água correte não é suficiente. O ideal é deixar o alimento de molho em uma solução com cloro por, no mínimo, 10 minutos.


- Verifique a temperatura da sua geladeira. Alguns alimentos, como peixes, exigem um ambiente mais frio. Observe também se tudo que está no refrigerador está devidamente tampado. Adote o hábito de congelar porções diárias, assim você evita o descongelamento e recongelamento do mesmo produto, como carnes.