Como fazer quando o bebê engasga

#cuidadoscomobebe #engasgamento #oquefazer


Engasgar é muito comum entre crianças mais novas, sobretudo bebês. O que fazer nesses casos? Leia e entenda como proceder, já que os primeiros socorros são essenciais em situações do tipo.





Por que crianças e bebês engasgam com mais facilidade?


Para nós, adultos, a mastigação é uma prática corriqueira. Mas, para crianças, sobretudo as mais novinhas, esse é um processo de aprendizagem que pode causar acidentes, como engasgamento.


Crianças não têm vias aéreas no mesmo tamanho que as de um adulto. Sua boca, garganta, esôfago e traqueia além de menores, são mais frágeis. Por conta disso, alimentos pequenos como um caroço de feijão, por exemplo, podem obstruir totalmente a entrada de ar dos pulmões.


Por terem dentes menores, se comparados aos de um adulto, o processo de trituração dos alimentos também não é feito com 100% de segurança e, além do mais, crianças adoram conversar enquanto comem. Todos esses fatores juntos aumentam, consideravelmente, o risco de engasgar.


Como proceder em caso de engasgamento de bebê?


Quando acontecer de o bebê engasgar – algo que pode ocorrer até durante a amamentação no peito - uma atitude rápida pode ser necessária para salvar a vida do seu filho.


Primeiro, coloque a criança na posição da foto, ou seja, de bruços e apoiada em seu braço. Depois, encaixe o queixo da criança entre seus dedos ou punho, para que seu pescoço fique firme. Observe se as perninhas da criança estão abertas, uma de cada lado do braço. Em seguida, desça o braço uns 10cm para inclinar o corpinho do bebê. Com sua outra mão, dê tapas leves nas costas dele para desobstruir as vias aéreas. Assim, aquilo que o fez engasgar deverá sair pelo nariz e/ou pela boca.


Em situações do tipo, manter a calma é fundamental. E, para o caso de o resultado do procedimento não ser o esperado, busque ajuda médica imediatamente.