Como viver mais e melhor?

#nutricao #saude #qualidadedevida

Comer bem é essencial para se ter uma saúde em dia. Hoje, no Dia da Saúde e Nutrição, fizemos essa matéria para te informar e orientar sobre como é fácil ter um estilo de vida mais saudável.



Você é o que você come


Certamente você já ouviu essa frase, né? E ela é uma verdade. Se você come de forma saudável, você terá uma vida muito mais saudável. Em contrapartida, se você possui hábitos reprováveis de alimentação, ingerindo grandes quantidades de açúcar, sal e gorduras nocivas, certamente você será uma pessoa com problemas de saúde, tendo uma expectativa de vida menor.


Mudar, em muitas das vezes, não é fácil. Para muita gente, comer é um vício que, diferente dos outros, você não pode viver sem; você precisa aprender a conviver com ele, em doses menores e saudáveis.


Consultar um profissional de nutrição e de educação física pode fazer a diferença, pois eles poderão fornecer conhecimento e compartilhar experiências que te inspirarão a ter uma vida mais saudável.


Que alimentos ajudam no funcionamento positivo do organismo?


Cada alimento age de uma forma em nosso organismo, seja positiva ou negativa. Separamos aqui alguns grupos alimentares que são ricos em nutrientes e favorecem uma nutrição balanceada.


- Oleaginosas: Nozes, castanhas e amêndoas são alguns exemplos. Ricas em ômega 3, fazem a função de reduzir a pressão arterial e diminuir os riscos de doenças cardiovasculares.


- A aveia é uma excelente fonte de fibras e carboidratos de baixo índice glicêmico. Assim, elas conferem mais saciedade e dão energia e mais disposição. Ah, ela também ajuda a controlar a taxa de açúcar, prevenindo doenças como a diabetes.


- Vegetais como rúcula, couve, espinafre, brócolis e agrião são fontes inesgotáveis de diversos nutrientes importantes para a saúde, além de fortalecerem o sistema imunológico.


- Carnes magras, como o peixe e o frango sem pele e gordura, possuem certas proteínas — principalmente a queratina e o colágeno — que são amplamente conhecidas por dar mais força aos cabelos, prevenindo, assim, a queda de fios e a calvície.


Mas, independentemente de você começar uma dieta ingerindo esses alimentos, é crucial se consultar com um profissional de nutrição para que ele possa avaliar seu metabolismo, solicitar exames e, só depois, indicar a dieta ideal.