Controle do colesterol

Vamos falar sobre o combate ao “colesterol ruim”? Aproveitando que estamos vivendo, nesta semana, o Dia Nacional de Combate ao Colesterol, explicaremos, nesta matéria, os males trazidos pelos índices desregulados dos colesteróis e como isso afeta a saúde.




LDL e HDL


Em nosso corpo, há os colesteróis bons e ruins. Ambos precisam estar presentes em índices saudáveis, caso contrário eles começam a interferir negativamente na saúde.


Os “colesteróis bons”, são os chamados HDL. Encontrados em alimentos específicos como azeite extravirgem, peixes, abacate, nozes, castanhas, feijão, entre outros. Sua maior função é nos proteger do LDL, ou “colesterol ruim”. O HDL age para extrair o LDL de nossas artérias, conduzindo-o até o fígado, onde será “quebrado” para ser excretado.


O LDL é o colesterol presente nos alimentos mais consumidos nos dias de hoje: frituras e fast-foods. Se estiver presente no organismo de forma desregulada, pode ser responsável por causar muitas doenças e levar à morte.



Os males do LDL


O colesterol desregulado pode levar a quadros irreversíveis. Ele é responsável por ocasionar infartos, AVC’s, hipertensão, entupimento de veias e artérias e insuficiência cardíaca.


Para conter o avanço desse problema, é necessário ter um estilo de vida saudável. Coma bem, de forma equilibrada, evitando gorduras maléficas ao corpo, dando preferência aos alimentos que têm bons nutrientes para a saúde. Fazer atividade física regularmente também ajuda muito no controle dos colesteróis.


Pare de fumar, vá ao médico com certa constância e faça exames para controlar os níveis de colesteróis em seu organismo. Isso fará com que você viva mais e melhor.