Gripes e resfriados

Com o surgimento do novo coronavírus, muito se fala em covid e as formas de evitar a doença. Mas, falar de resfriado e gripe, também é superimportante, já que os sintomas dessas doenças, incluindo covid, são parecidos e a busca por ajuda médica nem sempre acontece.




Gripe, resfriado ou covid?


De repente, um mal-estar. Aquela dorzinha chata no corpo, garganta arranhando, talvez uma febre. E aí? É gripe, resfriado ou covid? Não dá para dizer. E isso assusta. Muitas pessoas não buscam ajuda médica no início da infecção pelo novo coronavírus, porque acreditar ser uma gripe ou resfriado (doenças comumente, e erroneamente, tratadas em casa, com automedicação). Atitudes assim colocam em risco a própria saúde e a dos outros que estão em volta.


Agora, após o surgimento da covid, prioritariamente, é necessário dar mais atenção a gripes e resfriados. Os sintomas iniciais parecidos podem enganar e colocar a vida do paciente em risco. Portanto, caso se sinta resfriado, procure atendimento médico e faça os exames que lhe forem solicitados, bem como o tratamento indicado.



Prevenção, o melhor remédio


Para gripes e resfriados, além de casos de covid, o melhor remédio é prevenir. Lavar sempre as mãos com água corrente e sabão (ou utilizar o álcool em gel para a higienização), usar lenços descartáveis, não compartilhar objetos de uso pessoal, evitar ambientes fechados, evitar contato com quem está com sintomas e cobrir a boca com a parte interna do braço ao espirrar ou tossir.