Intolerância à lactose

Certamente já ouviu falar na intolerância à lactose, mas você sabe os sintomas que ela provoca? Nesta matéria, trazemos à tona mais sobre esse tema, que faz parte da rotina de muitas pessoas.




O que é lactose?


A lactose é responsável por nos dar energia. Ela é um tipo de açúcar encontrado naturalmente no leite e seus derivados que, quando ingeridos, são absorvidos pelo organismo, através de um processo natural feito pela lactase, uma enzima cujo propósito é justamente quebrar a lactose para facilitar sua absorção.



A intolerância e seus sintomas


Se o indivíduo não tiver uma produção ideal da enzima lactase, é constatada a intolerância à lactose, ou seja, o açúcar do leite não é absorvido de maneira correta e irá gerar consequências ao organismo.


Considerando que o açúcar do leite estará no intestino sem ser absorvido como deveria, isso pode causar muitos desconfortos. A começar pela atração natural de água que a lactose acumulada gera, levando ao aparecimento de diarreia.


Além disso, a lactose é fermentada por bactérias que habitam o intestino, provocando gases e ácido lático. Depois de eliminados, os sintomas passam. Mas, até isso acontecer, os incômodos são bem desagradáveis. E a intensidade varia não só de acordo com a quantidade de lactose consumida, mas também de fatores individuais.


Também são sintomas comuns a quem tem intolerância à lactose: dor e distensão abdominal, cólicas e náuseas.


A intolerância pode se manifestar por diversas causas. Há a congênita, que é quando se nasce com essa condição. A primária, que é quando há uma diminuição na produção natural da enzima lactase, devido a fatores como o avanço da idade. E há também a secundária, que ocorre quando uma doença afeta o intestino ao ponto de gerar esse problema.