Os jovens na ciência

#juventude #ciência #contribuição

Hoje, no Dia da Juventude, separamos alguns feitos e curiosidades sobre a relação existente entre os jovens e a ciência. Leia e entenda como a juventude contribuiu positivamente com o mundo que conhecemos hoje



Grandes feitos por jovens


Quando pensamos nas descobertas e invenções científicas da humanidade, quase nunca associamos que grandes feitos foram realizados por pessoas jovens, não é mesmo? Por isso decidimos fazer essa matéria, para mostrar o quanto a força da juventude é importante para todos.


Albert Einstein, mesmo não sendo considerado o melhor aluno na escola, mostrava-se um grande prodígio desde muito jovem. Aos 26 anos já escrevia uma série de artigos acadêmicos revolucionários, entre eles uma de suas principais obras, sobre o desenvolvimento da teoria da relatividade especial.


Outro caso interessante é do francês Louis Braille. Ele era cego e, aos 12 anos, conheceu um sistema chamado escrita noturna, usado por marinheiros franceses. A partir daí, Louis começou a desenvolver seu próprio método de escrita. Aos 15 anos já havia estruturado o método Braille, que até hoje é usado no mundo todo.


Mais recente, tivemos o feito da jovem Brittany Wenger que, aos 17 anos, desenvolveu um software capaz de identificar com mais de 99% de precisão o câncer de mama.


Outro exemplo inspirador é o da egípcia Azza Abdel Hamid Faiad, de 16 anos, que descobriu uma forma de transformar os resíduos de plástico em biocombustível, possibilitando a economia anual de 78 milhões de dólares ao país.


O incentivo ao jovem


Incentivar o jovem é o melhor caminho para que ele dê asas à imaginação e ao seu potencial. O conhecimento está ao alcance de todos. Incentive a leitura e o estudo. Comece a mostrar livros e vídeos de ciência aos seus filhos para que, mesmo no celular, eles consigam acessar conteúdos mais interessantes.


O jovem traz consigo um potencial incrível. Ele é a peça-chave para a mudança positiva no mundo.