Nadar em águas geladas? Entenda os riscos.

Há quem não se importe com o clima mais frio e faz questão de nadar em águas geladas. Mas essa prática é saudável ou não?




Água gelada


Mesmo no verão, alguns lugares conservam as temperaturas gélidas de suas águas, como acontece em Arraial do Cabo. E isso vira um atrativo para turistas e banhistas.


Neste período de outono que precede o inverno, a temperatura da água das praias também já está bem abaixo do normal. E algumas pessoas fazem questão de mergulhar, porque gostam de se banhar em águas frias.



Riscos e benefícios


Há alguns estudos, ainda não conclusivos, que investigam a relação das águas geladas com os sintomas da depressão, do estresse e da menopausa. Outras pesquisas correlacionam o assunto ao combate de demências.


Quanto aos riscos: o choque térmico de se mergulhar em uma água abaixo dos 15°C, por exemplo, pode desencadear muitas reações no organismo. A respiração e a circulação sanguínea são afetadas, imediatamente.


Os vasos se contraem para tentar reduzir a perda de calor do corpo e esse estreitamento provoca aumento da pressão arterial. Isso tende a não ser bom para quem tem problemas cardiovasculares. Pode ocasionar até uma parada do coração.


Se você é um amante desta prática, consulte-se com um médico para saber mais sobre os riscos. Nunca nade sozinho, entre na água aos poucos, use roupas apropriadas se for mergulhar e tenha roupas secas e bebidas quentes te esperando para quando sair.