Os perigos das drogas ao coração

#diganaoasdrogas #vicios #coracao #prontocor


O uso de drogas e álcool pode ser letal ao coração. Estudos mostram que 1 em cada 4 infartados abaixo dos 40 anos fizeram uso dessa combinação antes de morrer.


vicios

O coração


O coração é um músculo de função vital, que bombeia sangue para nosso corpo. Primeiro, ele bombeia para os pulmões, para que ele possa receber oxigênio; e depois bombeia o sangue rico em oxigênio para o corpo. O sangue que circula nesse sistema distribui oxigênio e nutrientes para os tecidos do corpo e retira produtos residuais (como dióxido de carbono) dos tecidos.


A saúde do coração e das artérias pelas quais passam o sangue que ele bombeia dependem muito do estilo de vida do paciente. Pessoas sedentárias, com má alimentação e vícios têm mais chances de desenvolver problemas cardíacos.


Combinação fatal


Que o uso de cocaína e a ingestão excessiva de álcool são nocivos à saúde, você já sabe. O que pode ser novo, no entanto, é que o uso concomitante dessas substâncias pode ser fatal.


Estudos recentes mostram que 25% das pessoas que morreram de infarto antes dos 40 anos apresentavam histórico de uso das drogas.

Um infarto mais comum, o provocado pelo acúmulo de gordura na parede das artérias coronárias, é um processo que pode levar décadas. Entretanto, se o paciente faz uso de cocaína, isso pode acontecer subitamente, pois a droga provoca uma inflamação na parede da coronária, diminuindo seu calibre e consequentemente o fluxo sanguíneo para o coração.


E o perigo só aumenta se a pessoa faz uso de cocaína e álcool ao mesmo tempo, pois a combinação gera uma substância chamada de cocaetileno, que acelera o processo de inflamação. E a chance dessa reação acontecer logo após o uso das drogas é muito maior.


A cocaína aumenta a frequência cardíaca, aumenta a pressão arterial, pode causar arritmias e diminui a chegada de sangue pelas coronárias para nutrir o coração, podendo também causar efeitos crônicos. Como dito no parágrafo anterior, se o uso é feito junto ao álcool, todos os riscos são potencializados, podendo culminar na morte súbita do usuário.


Vida saudável


Evitar o consumo de drogas ilícitas, cigarros e o uso excessivo de álcool, ter uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas são a receita para uma vida saudável e longa. Procure fazer atividades que lhe dão prazer: futebol, caminhada, academia, luta... há várias opções! O importante é se mexer em busca de uma saúde melhor!