top of page

Ansiedade comum e transtorno de ansiedade: como diferenciar?

A ansiedade pode interferir muito na qualidade de vida de alguém. Mas é importante entender que há a ansiedade comum e o transtorno de ansiedade. Entenda melhor.



Entendendo a ansiedade


A ansiedade é uma resposta natural do corpo ao estresse, funcionando como um mecanismo de alerta que nos prepara para enfrentar desafios ou perigos potenciais. Em níveis moderados, a ansiedade pode ser benéfica, aumentando nossa atenção e energia para lidar com situações específicas, como falar em público ou realizar uma prova. No entanto, quando a ansiedade se torna excessiva, persistente e afeta negativamente a vida diária, ela pode indicar a presença de um transtorno de ansiedade.


Ansiedade comum


É uma reação a um estressor específico, como uma entrevista de emprego, um exame importante ou uma situação de conflito.


Tende a ser temporária, diminuindo após a situação estressora ter passado.

Embora possa ser desconfortável, geralmente não interfere significativamente nas atividades diárias ou no funcionamento geral da pessoa.


Transtorno de ansiedade


Envolve ansiedade excessiva ou preocupação que é difícil de controlar e persiste por um período prolongado, geralmente 6 meses ou mais.


A ansiedade é desproporcional em relação à situação real e pode ocorrer sem um gatilho específico.


Interfere significativamente nas atividades diárias, no trabalho, na escola ou em relacionamentos interpessoais.


Pode ser acompanhada por sintomas físicos, como palpitações, suor excessivo, tremores, fadiga, ou problemas gastrointestinais.


Diferenciando os dois tipos


Para diferenciar a ansiedade comum de um transtorno de ansiedade, é crucial considerar a duração, intensidade e impacto da ansiedade na vida da pessoa. A ansiedade comum é geralmente uma resposta temporária a uma ameaça percebida e não interfere significativamente na capacidade de uma pessoa de funcionar. Por outro lado, um transtorno de ansiedade caracteriza-se por ansiedade prolongada que é desproporcional aos eventos que a desencadeiam e causa perturbação significativa ou sofrimento.


Existem vários tipos de transtornos de ansiedade, incluindo: transtorno de ansiedade generalizada (TAG), transtorno de pânico, fobias específicas e transtorno de ansiedade social.


Buscando ajuda


Identificar a diferença entre ansiedade comum e um transtorno de ansiedade é o primeiro passo para buscar ajuda adequada. Se a ansiedade está afetando a qualidade de vida, é essencial procurar o apoio de profissionais de saúde mental. Tratamentos como terapia cognitivo-comportamental, medicação ou uma combinação de ambos podem ser eficazes no gerenciamento dos sintomas.


O reconhecimento e a intervenção precoces são fundamentais para superar um transtorno de ansiedade. Lembrar que a ansiedade é uma condição tratável pode oferecer esperança e encorajamento para aqueles que lutam contra ela. Com apoio adequado, é possível recuperar o controle e viver uma vida plena e satisfatória, mesmo com ansiedade.



Hozzászólások


bottom of page