Colesterol

O colesterol é uma substância gordurosa presente em nosso organismo. Ele tem o papel o papel de manter cada célula funcionado corretamente, por isso seu nível deve ser bem regulado, para que o risco de desenvolver doenças do coração não aumente.



O colesterol ruim


O LDL é o grande vilão, o famoso “colesterol alto”. Chama-se LDL por causa do nome em inglês: low density protein, ou seja, lipoproteína de baixa densidade.


A função principal do LDL é transportar o colesterol do fígado e do intestino delgado até as células e tecidos, onde ele será utilizado na fabricação de vitamina D, das membranas das células, de hormônios e ácidos biliares.


Mas, se o “colesterol ruim” estiver em excesso no organismo, ele vai se acumulando dentro das artérias, obstruindo-as através de placas endurecidas.


Essas obstruções impedem a passagem de sangue, levando ao surgimento da aterosclerose, uma doença vascular responsável por AVC (acidente vascular cerebral) e infarto.


O colesterol bom


Na contramão, o HDL (high density lipoprotein, lipoproteína de alta-densidade) é um tipo de colesterol bom para o coração, pois retira as moléculas que estão em excesso no sangue e nos tecidos para levá-las até o fígado, onde elas serão processadas para que o intestino possa eliminá-las nas fezes.


O HDL também é conhecido por ter um efeito de proteção ao organismo, já que ele faz uma espécie de limpeza no interior das artérias e remove o colesterol depositado ali, dificultando a formação das placas de aterosclerose e reduzindo o risco de AVC, infarto e outras complicações.


O que fazer para manter os níveis de colesteróis regulados?


Somente com hábitos saudáveis podemos manter os níveis de colesterol regulados. A prática habitual de exercício físico e a alimentação balanceada são os grandes segredos desse processo.


Ter o acompanhamento de um profissional de nutrição também é fundamental, pois ele irá fazer uma avaliação metabólica do seu organismo e indicar uma dieta equilibrada.


Alimentos que, se ingeridos nas quantidades corretas, podem ajudar nos níveis do colesterol bom são: aveia, maçã, abacate, noz, soja, peixes de águas profundas e azeite extravirgem.


Por outro lado, devemos evitar frituras em geral, fast-foods, alimentos gordurosos, embutidos, chocolates e queijos amarelos.