Esclerose múltipla

#esclerosemultipla #autoimune


A esclerose múltipla é uma doença relacionada ao sistema neurológico. Ela não tem cura e é progressiva. Nesta matéria você entenderá um pouco mais sobre.


esclerose multipla

Esclerose múltipla é autoimune?


Sim. Além de ser uma doença que não para de avançar no organismo, ela também é autoimune, ou seja, as células de defesa do nosso corpo, ao invés de combaterem o mal, começam a atacar o próprio sistema nervoso – como se ele não pertencesse ao nosso organismo, como se fosse um corpo estranho mesmo. E isso vai causando lesões no cérebro e na medula.


Causas e sintomas


As causas da EM ainda não são totalmente esclarecidas, mas se sabe, através de estudos, que fatores genéticos contribuem para o aparecimento da doença, assim como o meio no qual o indivíduo está inserido.


Importante ressaltar que a esclerose é mais comum em mulheres brancas, entre os 20 e 40 anos. E ela se manifesta de forma diferente em cada pessoa.


Os sintomas iniciais são sempre muito leves, o que não motiva o paciente a procurar ajuda, porque os mesmos desaparecem após uma semana. Geralmente os mais frequentes são estes: perda de sensibilidade dos membros inferiores ou de todo um lado do corpo, visão dupla, fraqueza muscular, dificuldade para escrever, andar ou correr.


Ao menor sinal do aparecimento da doença, busque ajuda. É perfeitamente possível conviver com a esclerose por muitos anos, mantendo uma boa qualidade de vida. E quanto mais cedo acontecer o diagnóstico, melhores são as projeções futuras.