O que fazer para acabar com a ressaca?

Após exagerar no consumo de bebida alcoólica, vem a chamada “ressaca”: um conjunto de sintomas bem incômodos, que podem durar horas ou dias. Muitos recorrem a alguns medicamentos para aliviar todo esse mal-estar. Mas, e aí? Existe remédio para ressaca?




Tratando sintomas


Alguns fármacos produzem os efeitos desejados, porque são utilizados para amenizar apenas sintomas. No caso da dor de cabeça e das náuseas, por exemplo, remédios com efeito analgésico e antiemético podem aliviar os incômodos.


Mas o problema mesmo está no fígado, que trabalha intensamente para excretar as substâncias nocivas ao organismo. Problemas como a desidratação e a hipoglicemia, típicas depois da ingestão de álcool, não se resolvem tão facilmente. Com o passar do tempo, o fígado, inclusive, pode ser comprometido e desenvolver cirrose, doença perigosa que causa falha hepática e pode levar à morte.



E aquele remédio que toma um antes e um depois?


Mito. Não é possível afirmar que um medicamento tomado antes de começar a beber produzirá efeitos, evitando uma ressaca que vem após horas de ingestão do álcool. Por outro lado, aquele que se toma depois, se contiver sais minerais e glicose, evita a desidratação e hipoglicemia, mas isso também é possível através de alimentação saudável.


O melhor conselho é evitar beber em excesso. Porém, se isso acontecer, intercalar um copo de água com um copo da bebida ajudará bastante na recuperação pós-bebedeira.