Perda auditiva

Você sabia que 25% da população mundial sofrerá com algum tipo de perda auditiva? Nesta matéria você conhecerá um pouco mais sobre o assunto.




Dados alarmantes


Segundo a Organização Mundial de Saúde, 1 em cada 4 pessoas terá problemas de audição ao longo da vida. São números bem altos, que abrem um debate: por isso acontece e como evitar?


Além do desconforto natural de ter a audição prejudicada, a perda da capacidade de ouvir, seja ela parcial ou total, impacta diretamente na forma como as pessoas se comunicam. Alguém com surdez geralmente se torna mais solitário e isolado, o que também afeta a saúde mental, naturalmente.


Essas previsões levaram em consideração o envelhecimento da população, que está com uma expectativa de vida cada vez maior. E não são dados relativos à surdez definitiva, mas a algum grau de prejuízo da capacidade de escutar.



Problemas evitáveis


A OMS constatou que dois fatores influenciam muito nessas expectativas futuras: otites e barulhos.


As otites, que são infecções ou inflamações no ouvido muito comuns em crianças e adultos, podem deixar sequelas ou acometer cronicamente a pessoa, se não tratadas da maneira correta. O tratamento adequado e os métodos preventivos minimizam o quadro e seus efeitos. Quem gosta de nadar, uma opção é o uso de tampões de silicone para evitar a entrada de água, por exemplo. E, ao menor sinal de incômodo, procurar ajuda médica especializada pode fazer a diferença.


Quanto aos barulhos, são vilões que fazem parte da rotina de muita gente. Há quem trabalhe em ambientes ruidosos e não usa os equipamentos de segurança, o que resulta em uma perda gradativa e irreversível da audição. Por outro lado, o uso de fones também tem prejudicado bastante a população, pois com níveis de ruídos muito altos alojados diretamente no canal auditivo, é impensável que seja uma atitude saudável. Isso pode provocar surdez irreversível, pois o barulho ininterrupto pode lesionar a célula da orelha interna.


Evite fatores externos como os citados e faça visitas ao médico regularmente. Sua audição é essencial para várias coisas, cuide bem dela.