top of page

Os perigos da desidratação para o coração

O carioca ama o verão. Mas é preciso estar atento a alguns cuidados, como a hidratação. Caso contrário, até o coração pode sofrer as consequências. Entenda.



O coração e a água


O corpo humano é composto por 70% de água, substância vital para o funcionamento do organismo.


O coração tem a função de bombear sangue para todas as partes do corpo através dos vasos sanguíneos. E, obviamente, a água também está presente nesta atividade.


Nós perdemos líquido de maneira natural através da urina, respiração e transpiração. E isso precisa ser reposto através da hidratação. Beber água é fundamental.


Quando o corpo perde muito líquido sem reposição, começa um processo de desidratação. Isso causa estresse ao coração, que precisa bater mais rápido pra compensar a situação. Além disso, a quantidade de sangue que circula pelo corpo diminui. Os vasos sanguíneos vão se contraindo, em uma busca de tentar manter a pressão arterial normal.


Com o sangue grosso e a pressão desregulada, a frequência cardíaca irá aumentar. E, em caso de grave desidratação, o organismo pode entrar em choque, com risco de morte.


Os cuidados com a hidratação precisam ser levados a sério. Beba acima de 2 litros de água diariamente e aumente essa quantidade se fizer atividades que te fazem transpirar muito.


Kommentare


bottom of page