VSR: um vírus que se espalha entre crianças

O VSR (vírus sincicial respiratório) é uma infecção pulmonar típica de crianças. Sempre mantida sob controle, a doença respiratória ganhou maiores proporções após a pandemia da covid-19. Leia a matéria e entenda mais sobre essa questão.




O vírus da infância


A infecção pelo VSR é comum e tende a atingir quase todas as crianças até os dois primeiros anos de vida. Felizmente, não é um vírus tão perigoso como o da covid. Seus sintomas, geralmente, serão típicos de um resfriado, causando coriza e tosse.


Porém, em cerca de 2% da população de bebês e infantes até 2 anos, o VSR pode levar a quadros de bronquiolite, causando dificuldade de comer e respirar, exigindo uma internação hospitalar.


Antes da pandemia de covid, os hospitais já se preparavam para essa demanda, mantendo os casos de VSR controlados e oferecendo os devidos cuidados aos pacientes infantis.



Como a pandemia atrapalhou o tratamento de VSR


Após o surgimento da covid, que se espalhou rapidamente pelo mundo, todos os hospitais tiveram que oferecer tratamentos de emergência, sem estarem totalmente preparados para aquele surto.


Com isso, os casos de VSR não receberam a atenção merecida. As crianças, que ficaram isoladas, não adquiriram imunidade contra ele. O resultado disso foi uma propagação maior do vírus, que atualmente acomete mais pacientes que a média.


Essa, que era apenas uma questão sazonal do inverno, tornou-se comum tanto em dias frios como em dias quentes.



Cuidados especiais


Em um cenário pandêmico no qual as pessoas se cuidaram mais, usando máscaras, higienizando as mãos e evitando aglomerações, houve um controle de circulação viral de vários tipos. Porém, com o relaxamento dos hábitos, os adultos começaram a ser infectados com o VSR e a transmitir o vírus (inofensivo para eles) aos pequenos. O resultado está sendo mais crianças doentes.


Para proteger sua família e evitar mais essa doença, mantenha os bons hábitos de higiene. Lave sempre as mãos ou passe álcool. Use máscaras e evite aglomerações. Somente dessa forma podemos combater esse inimigo invisível que é um vírus.