top of page

Dia Nacional de Prevenção da Obesidade

A obesidade é uma doença epidêmica no país e traz consigo riscos aumentados para o aparecimento de outros males, como problemas cardíacos e metabólicos. Entenda mais sobre o assunto nesta matéria.



Dados alarmantes no Brasil


Os últimos levantamentos realizados pelos órgãos competentes mostram que quase 6 em cada 10 brasileiros (57%) estão acima do peso ideal. E o percentual de obesos é de 21,5%. São números alarmantes e que vêm crescendo a cada ano.


A obesidade é o acúmulo de gordura no organismo. Esse acúmulo acontece devido ao consumo exagerado de calorias na alimentação. É uma matemática simples: as calorias servem para gerar energia para nossas tarefas diárias. Se consumimos mais do que gastamos, ela se acumula em forma de gordura no abdômen e outras partes do corpo, causando o sobrepeso e a obesidade.


Os tipos de obesidade


Há 4 tipos diferentes de obesidade, que levam em consideração questões como o formato do corpo ou o índice de massa corpórea (IMC). Vejamos os diferentes tipos:


  • Quanto à causa (primária): esse é um tipo que está relacionado à origem, com o fato da pessoa ser obesa em razão do consumo de calorias em excesso.


  • Quanto a um tipo de doença (secundária): diz-se da obesidade surgida a partir de uma doença que acometeu o indivíduo.


  • Quanto ao formato: pode ser homogênea, quando a gordura se instala, igualmente, em todas as partes do corpo, incluindo braços e pernas. Pode ser androide: quando a gordura se acumula no tórax e abdômen, oferecendo mais riscos de doenças cardiovasculares. E pode ser ginecoide: quando a gordura se acumula na região dos quadris e coxas, gerando problemas como artroses e varizes.


  • Quanto ao grau do IMC: o índice de massa corpórea é um cálculo que serve para definir se o indivíduo está no peso ideal, tem sobrepeso ou algum grau de obesidade. Ele é calculado através da divisão do peso pela altura ao quadrado. Se o resultado for maior que 30, o paciente já está com obesidade grau I.


Dicas valiosas


Algumas pequenas mudanças de hábito podem reduzir o peso corporal e garantir uma boa saúde. Veja as que separamos para você.


  • Você gosta de um cafezinho? Então troque o açúcar por adoçante.

  • Substitua refrigerantes por sucos naturais.

  • Consuma de 3 a 5 porções de hortaliças diariamente, incluindo frutas e verduras.

  • Evite alimentos processados. Biscoitos, congelados e embutidos não fazem bem à saúde.

  • Evite bebidas alcoólicas.

  • Fuja dos fast foods.

  • Durma bem.

  • Faça atividades físicas com regularidade.


Kommentarer


bottom of page