Covid em vacinados

A covid não acabou e tem infectado muitas pessoas, porém os sintomas se manifestam de maneira diferente em quem já tomou a vacina. Vamos entender um pouco mais sobre este assunto.




Sistema imunológico


A forma como os sintomas interferem no bem-estar depende do sistema imunológico de cada um. Desta forma, a tendência é que os sintomas sejam mais intensos em quem está com a defesa do corpo mais frágil.


Um estudo realizado no Reino Unido concluiu que quem tomou, pelo menos, duas doses da vacina está sujeito a sintomas mais leves, como nariz escorrendo, dor de cabeça, espirros, dor de garganta e tosse, necessariamente nessa ordem.


Em contrapartida, quem não se imunizou vê os sintomas chegando de maneira diferente: dor de cabeça, dor de garganta, coriza, febre e tosse persistente.


As diferenças entre vacinados e não vacinados


Sobre os sintomas, a presença da febre é a principal diferença entre os infectados por covid após se vacinarem, quando comparados aos que não foram imunizados, que também relataram dores de cabeça e de garganta mais fortes.


É importante lembrar que os 5 sintomas citados foram os que mais apareceram nos relatos dos pesquisados. Entretanto, a doença também pode causar calafrios, perda de apetite, alterações do paladar e olfato, dificuldade para respirar, cansaço, diarreia e enjoo.


Em caso de sintomas, o que fazer?


De acordo com as recomendações das autoridades de saúde, ao perceber a chegada dos sintomas, evite contato com outras pessoas, sobretudo as que estão mais propensas aos males causados pela doença, como imunossuprimidos e idosos.


Procure atendimento médico, faça o teste para confirmar o diagnóstico e mantenha-se isolado pelo tempo recomendado pelo profissional de saúde.