top of page

Segurar o xixi pode ser perigoso

Você tem o hábito de segurar a urina? Veja como isso pode interferir no funcionamento correto do seu organismo.



Veja o que pode acontecer no seu corpo


Segurar o xixi, também conhecido como retenção urinária, não é saudável e pode ter consequências negativas para a saúde. A urina é um subproduto do corpo que contém toxinas e resíduos que precisam ser eliminados regularmente para manter o equilíbrio e a saúde do organismo. Aqui estão algumas razões pelas quais segurar o xixi não é recomendado:


Aumento da pressão na bexiga: quando você segura o xixi, a bexiga continua a encher, e a pressão dentro dela aumenta gradualmente. Isso pode levar a uma distensão do órgão, o que, com o tempo, pode afetar negativamente sua função.


Pode causar infecções do trato urinário: quando a urina fica parada na bexiga por muito tempo, pode haver um aumento no crescimento de bactérias. Isso aumenta o risco de desenvolver infecções do trato urinário (ITUs), que podem ser dolorosas e requerem tratamento médico.


Possíveis danos aos músculos da bexiga: segurar o xixi com frequência pode levar a um enfraquecimento dos músculos locais ao longo do tempo, o que pode resultar em dificuldades para esvaziar completamente a bexiga.


Desconforto e dor abdominal: à medida que a bexiga se enche e a pressão aumenta, você pode começar a sentir desconforto, dor abdominal ou cólicas.


Aumento do risco de incontinência: o hábito de segurar o xixi pode, paradoxalmente, aumentar o risco de incontinência urinária a longo prazo, uma vez que os músculos da bexiga podem se tornar menos eficazes em manter a urina.


Impacto na função renal: em casos extremos, a retenção urinária crônica e a pressão constante na bexiga podem afetar a função renal.


É importante lembrar que urinar é uma função fisiológica natural do corpo, e não há razão para adiar esse processo quando você sente a necessidade. Se você se encontra frequentemente segurando o xixi, é aconselhável fazer uma pausa e usar o banheiro assim que sentir a necessidade. A retenção urinária crônica ou persistente deve ser avaliada por um médico, pois pode ser um sinal de um problema subjacente que requer tratamento. Em resumo, é fundamental ouvir os sinais do seu corpo e permitir que ele elimine os resíduos quando necessário para manter uma boa saúde urinária e geral.

bottom of page