top of page

A língua – mitos e verdades

A língua é um órgão muscular responsável por várias funções. Na matéria de hoje você conhecerá alguns mitos e verdades sobre ela.



Aprendendo sobre a língua


A língua é muito importante para nós. É através dela que falamos e sentimos os gostos dos alimentos e bebidas. Veja, a seguir, alguns mitos e verdades sobre o assunto.


  • Cada parte da língua sente um gosto diferente: mito. Não há uma divisão geográfica relacionada aos tipos de paladares. A língua é composta pelos receptores gustativos, que ficam dispostos por toda a sua superfície. A diferenciação de gostos existe por causa do estímulo da saliva.


  • A língua é repleta de bactérias: verdade. Na língua e na boca há centenas de espécies de bactérias. Felizmente, a grande maioria não é nociva ao nosso bem-estar e contribui, inclusive, com a quebra das moléculas dos alimentos, facilitando a nossa digestão. Mas há também bactérias ruins, que podem ser controladas com uma boa higienização.


  • A língua precisa ser escovada frequentemente: verdade. A saburra lingual, que é uma placa bacteriana esbranquiçada ou amarelada que se forma sobre a língua e causa mau hálito, precisa ser removida diariamente. Para esse tipo de limpeza, existem escovas próprias para a língua.


  • A língua se regenera rapidamente: verdade. Estudos já descobriram que o mecanismo de cicatrização de feridas na boca está sempre ativo, como se estivesse em alerta máximo, mesmo antes de qualquer lesão aparecer. Leva-se, em média, seis dias para que uma laceração na língua se cure, bem mais rápido do que na pele do braço, por exemplo.


  • Não se pode ficar doente por meio da língua: mito. Algumas doenças sexualmente transmissíveis como herpes, HPV, gonorreia, clamídia e sífilis podem surgir através da língua. Além das ISTs, também há infecções respiratórias e gastrointestinais que podem aparecer por meio do beijo.


  • Manter um piercing na língua é algo simples: mito. Sem visitas regulares ao dentista e cuidados de higiene, que devem ser redobrados para quem usa piercing na língua, ele pode provocar mau hálito e infecções, que podem até afetar o coração. Além disso, a movimentação da língua com piercing pode danificar os dentes, gengiva, comprometer a fala e a mastigação.


  • A língua envelhece: verdade. Em pessoas mais idosas, a língua e a boca tendem a ficar mais ressecadas, com uma redução no número de células das papilas gustativas, afetando a percepção de sabores.


E aí, você sabia dessas informações? Cuide bem de sua língua e tenha uma saúde em dia.


Kommentare


bottom of page