Banho quente faz mal à saúde?

Você é do tipo que ama um banho com a água muito quente? Entenda os riscos desse hábito e veja qual tipo de banho é mais indicado para o bem-estar do corpo.



Consequências da água muito quente


É importante saber que, quando a água está muito quente, ela acaba trazendo consequências negativas para a pele, para os cabelos e até mesmo para o funcionamento interno do organismo.


Nosso corpo possui uma temperatura natural entre 36 e 37°C, mas ela é alterada se estivermos expostos a elementos com temperaturas mais altas, como é o caso de banhos muito quentes. Sim, a água do chuveiro pode alterar a temperatura corporal e impactar na pressão sanguínea, causando tontura, falta de ar e dor de cabeça.


Na pele, há um ressecamento e pode haver dermatites, que são inflamações cutâneas. Além disso, outras doenças de pele podem ser agravadas com água muito quente.


Aos cabelos, a consequência vem através do aumento da oleosidade, que o predispõe ao surgimento de caspas. Os banhos muito quentes também podem deixar o cabelo sem brilho, opaco, fraco e quebradiço.


Banho ideal


O ideal é que a temperatura da água não ultrapasse os 37°C, para se assemelhar à temperatura do corpo. E o tempo de exposição deve ser entre 5 e 10 minutos, no máximo.


O banho quente também traz benefícios, como relaxamento muscular, diminuição da ansiedade e do estresse. O segredo é saber equilibrar e tomar banhos mais quentes em dias específicos. E não fazer disso um hábito.