top of page

O que é a síndrome da fadiga crônica?

Você já ouviu falar nesta síndrome? Muito além do mal-estar ou mesmo a preguiça, é uma condição médica debilitante. Entenda.



Entendendo o problema


A síndrome da fadiga crônica (SFC), também conhecida como encefalomielite miálgica, é uma condição médica complexa e debilitante caracterizada por fadiga extrema que não melhora com o repouso e piora com a atividade física ou mental.


A causa exata da SFC ainda não é completamente compreendida, mas acredita-se que fatores como infecções virais, problemas no sistema imunológico, desequilíbrios hormonais e estresse possam contribuir para o desenvolvimento da síndrome. A SFC afeta significativamente a qualidade de vida dos pacientes, limitando suas capacidades de trabalho, estudo e realização de atividades cotidianas.


Os sintomas da síndrome vão além da fadiga persistente e podem incluir dores musculares e articulares, dores de cabeça, distúrbios do sono, dificuldades de concentração e memória, dor de garganta recorrente e sensibilidade nos gânglios linfáticos.


O diagnóstico é desafiador devido à sobreposição de sintomas com outras condições médicas, e geralmente é feito por exclusão de outras possíveis causas. Não existe uma cura específica para a SFC, e o tratamento foca no alívio dos sintomas e na melhoria da qualidade de vida do paciente. Abordagens podem incluir a gestão do sono, programas de exercício graduado, terapia cognitivo-comportamental e suporte psicológico. A conscientização e o apoio à pesquisa são fundamentais para melhor compreensão e manejo da Síndrome da Fadiga Crônica, ajudando os pacientes a viverem de forma mais plena e funcional.



תגובות


bottom of page