Unhas que falam

Você sabia que as unhas dizem muito sobre a nossa saúde? Aprenda a identificar os sinais para buscar ajuda quando necessário.



Entendendo a questão


As unhas podem mudar de cor, apresentar manchas ou outros componentes que merecem atenção e precisam ser investigados, pois podem ser sinais de algum problema de saúde.


O médico indicado para avaliar essa questão é o dermatologista, que poderá solicitar hemogramas e outros exames.


É importante entender que nem toda alteração na unha pode significar algum problema de saúde já que, devido à rotina, as unhas sentem os impactos externos, como acontece com a unha do dedo mínimo do pé, que pode sofrer alterações de textura e coloração devido ao uso de sapatos.


O que cada alteração pode significar


Sem alertar, mas ressaltando, novamente, a importância da avaliação médica, resumimos o que cada alteração da unha pode significar.


- Unhas esbranquiçadas: a falta de nutrientes, ou uma dieta restritiva de proteínas, pode ocasionar o problema. Unhas esbranquiçadas também podem significar micoses, psoríase, pneumonia e até insuficiência cardíaca.


- Unhas amareladas: pode apenas ser consequência genética ou do envelhecimento, como também pode significar micose, psoríase, problema nos rins ou HIV.


- Unhas com pontinhos brancos: pode ter ligação com psoríase, dermatite ou alopecia areata.


- Unhas azuladas: pode aparecer por causa do uso de medicamentos específicos, como os que combatem a malária. Também podem ter ligação com baixa saturação causada por um baixo nível ou falta de oxigênio no sangue.


- Unhas avermelhadas: essa coloração pode indicar a presença de doenças reumatológicas como lúpus e artrite reumatoide.


Mas lembre-se: não deixe de se consultar com um médico para ter um diagnóstico correto.